domingo, 4 de outubro de 2009

Educador e as tecnologias


O avanço das novas tecnologias nos coloca a frente de mudanças extraordinárias no âmbito educacional, por isso, faz-se necessário incorporarmos estas mudanças na nossa prática pedagógica. Tais mudanças exigem dos educadores uma contínua busca de aprender, elaborar e gerir conhecimentos, e, além disso, desenvolver habilidades de lidar com diferentes modos de buscar informações atuais, nos comunicarmos, orientar e elaborar novas e melhores condições de aprendizagem para nossos alunos. Este é um desafio, desafio do sistema educacional atual, preparar o aprendiz para a cidadania responsável e para que tenha autonomia na busca e seleção de informações, na elaboração de conhecimentos para resolver problemas cotidianos e da área profissional. Enfim, que saiba aprender a aprender ao longo da vida.

Para finalizar cito as palavras de Nóvoa:


“É difícil dizer se ser professor, na atualidade, é mais complexo do que foi no passado, porque a profissão docente sempre foi de grande complexidade. Hoje, os professores têm que lidar não só com alguns saberes, como era no passado, mas também com a tecnologia e com a complexidade social, o que não existia no passado. Isto é, quando todos os alunos vão para a escola, de todos os grupos sociais, dos mais pobres aos ricos, de todas as raças e todas as etnias, quando toda essa gente está dentro da escola e quando se consegue cumprir, de algum modo, esse desígnio histórico da escola para todos, ao mesmo tempo, também, a escola atinge uma enorme complexidade que não existia no passado.”


FONTE

(trecho da entrevista de Antônio Nóvoa, 2001)


sábado, 19 de setembro de 2009

Tecnologia e Metodologia


video

Não adianta só inovar nas tecnologias, é preciso inovar a metodologia aplicada na sala de aula. É necessário conhecimento e planejamento para que as inovações aconteçam. Esse vídeo ilustra o que realmente acontece em muitas escolas, a sala de informática é usada como mais um espaço, sem mudar a metodologia aplicada à aula. É preciso integrar as novas tecnologias as disciplinas na forma de uma ferramenta multidisciplinar que o professor pode contar para a realização do seu trabalho; desenvolvendo atividades que propiciem uma reflexão por parte do aluno, ampliando o conhecimento do mesmo e melhorando o aprendizado.
Qualquer instrumento de ensino, desde o mais simples até o mais complexo só será válido quando o professor souber "como" utilizar o mesmo. De que adianta a tecnologia se a forma de ensinar continua sendo a mesma?

domingo, 23 de agosto de 2009

Computação sem Fronteiras

 http://www.indiosonline.org.br/blogs/media/users/lucianopank/Os_Mitos_da_Tecnologia.jpg
A computação em nuvem veio pra ficar. Por enquanto não existe uma denominação menos estranha para ela, por tanto, é melhor nos acostumarmos. Do que se trata, exatamente? A computação em nuvem é mais ou menos o que sua mãe faz com suas roupas sujas que você deixou espalhada no chão do quarto e, dias depois, como que por encanto, encontra no armário limpas, passadas, cheirosas e cuidadosamente dobradas nas gavetas certas, sem que você tenha ideia de como isso aconteceu. A computação de nuvem faz isso com seus arquivos de internet - ela os armazena - e com suas necessidades de processamento - ela roda seus programas sem que você precise sequer estar com seu PC ligado. Isso significa que uma porção crescente das informações digitais produzidas por pessoas e empresas esta sendo processada e guardada em descomunais centros de computação espalhados pelo mundo, mas conectados entre si. "A era da nuvem já começou. Terá um empacto revolucionário na maneira como as pessoas lidam com a tecnologia e vai determinar a história da computação nos próximos 50 anos". Diz Ray Ozzie, substituto de Bill Gates no desenvolvimento de softwares na Microsoft.

(Veja, agosto de 2009)

Minha Contribuição no Wiki

http://www.eps-alhos-vedros.rcts.pt/menu_informacoes/professor.gif

Refletindo sobre a utilização das novas tecnologias da comunicação e da informação no fazer educativo, sob o aspecto de uma sociedade do conhecimento, o professor poderá transformar a educação com o planejamento pedagógico associado ao uso dos recursos tecnológicos, a fim de colaborar para a formação de indivíduos críticos-reflexivos capazes de desempenhar seu papel em sociedade.
Para que isso seja possível o educador deve, acima de tudo, reciclar-se constantemente para acompanhar uma sociedade cada vez mais globalizada e exigente, pois sabemos que ele, “o educador” é o principal agente deste processo. Tendo em vista que a sociedade contemporânea requer uma educação voltada para a capacitação profissional.
Tudo isto se faz necessário para uma educação de qualidade para todos.